A História Secreta da Obsolescência Programada

mai 10, 2013 by

comprar-tirar-comprar2

O que é a obsolescência programada ?

Obsolescência programada é a decisão do produtor de propositadamente desenvolver, fabricar e distribuir um produto para consumo de forma que se torne obsoleto ou não-funcional especificamente para forçar o consumidor a comprar a nova geração do produto.

A obsolescência programada faz parte de um fenómeno industrial e mercadológico surgido nos países capitalistas nas décadas de 1930 e 1940 conhecido como “descartalização”. Faz parte de uma estratégia de mercado que visa garantir um consumo constante através da insatisfação, de forma que os produtos que satisfazem as necessidades daqueles que os compram parem de funcionar ou tornem-se obsoletos em um curto espaço de tempo, tendo que ser obrigatoriamente substituídos de tempos em tempos por mais modernos.

As baterias que ‘morrem’ em 18 meses, as impressoras que estão programadas para um determinado número de impressões, as lâmpadas que só duram mil horas … Por que, apesar dos avanços em tecnologia, produtos duram cada vez menos?
10Filmado na Catalunha (Catalunya), França, Alemanha, EUA e Gana, o documentário (Comprar, tirar, Comprar) é uma viagem através da história de uma prática empresarial que envolve a redução deliberada da vida de um produto para aumentar o seu consumo, como foi publicado em 1928 em uma influente revista dos EUA , o artigo ” Um produto que não se desgasta é uma tragédia para os negócios.”
O documentário, dirigido por Cosima Dannoritzer e co-produzido pela TV espanhola, é o resultado de três anos de pesquisa, onde fizeram uso de imagens de arquivos pouco conhecidos, fornecendo provas documentais e mostrando as desastrosas consequências ambientais decorrentes dessa prática. Também apresenta vários exemplos do espírito de resistência que está crescendo entre os consumidores e inclui a análise e a opinião dos economistas, designers e intelectuais que propõem alternativas para salvar o meio ambiente e a economia.

 
A lampada é origem da Obsolescência Programada.

 
Edison fez a sua primeira venda de lâmpadas em 1881.Durou 1.500 horas. Em 1911, um anúncio na imprensa espanhola destacou os benefícios de uma marca de lâmpadas com um certificado de vida de 2500 horas. Mas como foi revelado no documentário, em 1924, um cartel que reúne os principais fabricantes na Europa e os Estados Unidos negociaram para limitar a vida útil de uma lâmpada em 1000 horas. O cartel foi chamado Phoebus e oficialmente, nunca existiu, mas, em “Comprar, Tirar, Comprar”, nos é mostrado o documento que é o ponto de partida de obsolescência, que hoje é aplicado para a próxima geração de produtos eletrônicos, como impressoras e iPods, aplicada também na indústria têxtil, com o desaparecimento dos meios de testes.

 
Consumidores rebeldes na Internet.

 
Ao longo da história do vencimento previsto, o filme pinta um afresco da história da economia nos últimos cem anos e proporciona um fato interessante: a mudança de atitude nos consumidores através do uso de redes sociais e da Internet. O caso Neistat irmãos, o programador de computador catalão Vitaly Kiselev, Marcos López, fazem o embate na internet.

 
Africa lixão eletrônico do primeiro mundo

 
Este descarte constante tem graves consequências ambientais. Como vemos, nesta pesquisa, países como o Gana estão se tornando o ganalixo do primeiro mundo eletrônico. Até então, periodicamente, vêm centenas de conteiners cheios de resíduos, sob o rótulo de “material de segunda mão” é o guarda-chuva de uma contribuição para reduzir a brecha digital e, eventualmente, tomar o lugar de rios ou campos onde as crianças brincam. Além da denúncia, o documentário da visibilidade aos empresários para que implementem novos modelos de negócio e ousam as alternativas propostas por intelectuais como Serge Latouche, que fala na ” Revolução do Decrescimento”, que consiste na redução do consumo e produção de tempo livre e desenvolver outras formas de riqueza, como a amizade ou o conhecimento, que não define o uso.

O mundo é grande o suficiente para atender às necessidades de todos, mas sempre demasiado pequeno, para a ganância de alguns. (Mahatma Gandhi)

Assista o filme

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>