Cliografia e Karina Bezerra

            Cliografia é um termo criado pela historiadora Karina Oliveira Bezerra. Ela o utiliza em seu blog desde fevereiro de 2009. Depois de quase quatro anos, tendo obtido sucesso, seu blog se torna em novembro de 2012 um site. Clio é a musa grega da História, e grafia é escrita.

            Clio é uma das nove musas, e, junto com as irmãs, habita o monte Hélicon. Filhas de Zeus e Mnemósine, a memória. As musas reúnem-se, sob a assistência de Apolo, junto à fonte Hipocrene, presidindo às artes e às ciências, com o dom de inspirar os governantes e restabelecer a paz entre os homens. Clio é a musa da história e da criatividade, aquela que divulga e celebra as realizações. Preside a eloquência, sendo a fiadora das relações políticas entre homens e nações. É representada como uma jovem coroada de louros, trazendo na mão direita uma trombeta e, na esquerda, um livro intitulado “Thucydide” (Tucídides). Outras representações apresentam-na segurando um rolo de pergaminho e uma pena, atributos que, às vezes, também acompanham Calíope. Em algumas de suas estátuas traz esse instrumento em uma das mãos e, na outra, um plectro (palheta). Um dos nove livros de Heródoto leva o nome de Clio, em homenagem à musa.

Além de graduada em História, Karina Oliveira Bezerra é mestre e doutoranda em Ciências da Religião. Nesse curso desenvolveu uma inter e transdisciplinaridade, o que a leva a dialogar com outras disciplinas, como com a Sociologia e Antropologia. Seu foco temático é a História das Religiões, e são inúmeras as práticas sociais que transpassam esse tema. Como sabemos, até a modernidade, o limiar entre religião e cotidiano e mesmo práticas mais politizadas eram tênues. Hoje, esse limiar ainda permanece explicitamente em certas sociedades, e implicitamente em outras. Dessa forma, no Cliografia, você encontrará diversos temas como: sexualidade, arte, saúde, educação, política, ciência… Passeamos da pré-história a atualidade, pretendendo fazer uma “Escrita da História sobre entre além do Néctar Cósmico”.

16507854_1233554753392223_6198709950820287644_n

Karina Oliveira Bezerra iniciou em 2006.1 a licenciatura plena em História, e concluiu em 2009.2, pela Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP, sendo a aluna laureada, com o coeficiente de rendimento 9,59. Durante a graduação estagiou no IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Fez dois anos de iniciação cientifica pelo PIBIC/UNICAP e CNPQ/ FACEP, com o tema: Religião afro-brasileira e Resistência: os embates entre o tradicional e o pós-moderno. Estagiou no Centro de formação, pesquisa e memória cultural – Casa do Carnaval, e no Museu da Abolição. E desenvolveu no estágio curricular na escola, a temática: Inclusão da história indígena e história da cultura pernambucana na sala de aula. Devido ao seu destaque, e alta nota de laureada, foi selecionada e indicada pela Universidade, para participar do Programa de Jovens Líderes Iberoamericanos 2010, da Fundación Carolina, na Espanha.

Iniciou o mestrado em Ciências da Religião pela UNICAP, em março de 2010. Com a obtenção do 1º lugar na seleção, foi bolsista do Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP). Defendeu sua dissertação em março de 2012, com o tema: A Wicca no Brasil: entrada e permanência dos adeptos na Região Metropolitana do Recife.  Durante o mestrado trabalhou como professora de Humanas no projeto Travessia do governo do Estado. E fez bolsa de mestrado sanduíche, na Universidade Metodista de São Paulo, UMESP, São Bernardo Do Campo. Ainda em 2012 fez intercâmbio de língua inglesa no Canadá.

Em 2013 começou a dar aulas na Faculdade Joaquim Nabuco, e ministrou as disciplinas: Filosofia e Ética, Sociologia, Filosofia da Educação e Metodologia da Ciência. Também realizou a catalogação e digitalização de uma parte do acervo bibliográfico do Padre José Comblin, na Universidade Católica de Pernambuco. E fez a correção das apostilas de História do pré-vestibular do Colégio GGE. Realizou o concurso para professor de História do SESC – Serviço Social do Comércio, e obteve a 2ª colocação.

Em 2014  ensinou as disciplinas de Filosofia e Ética,  Filosofia da Educação, Antropologia do Turismo e Antropologia Social e Cultural, na Faculdade Joaquim Nabuco.  Fez a correção das apostilas de História do pré-vestibular do Colégio GGE. E foi convocada para assumir o cargo de professora de História do SESC, mas recusou.

Em 2015 ensinou as disciplinas  Filosofia e Ética , e Filosofia da Educação, na Faculdade Joaquim Nabuco. Começou a dar aulas na Faculdade Santa Helena, ministrando as disciplinas de Sociologia e Comunicação e Expressão. E entrou no doutorado de Ciências da Religião na UNICAP, obtendo o terceiro lugar na seleção, e a bolsa integral do Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP).

Em 2016 lecionou Filosofia da Educação, Aspectos Sócio Políticos e Econômicos do Brasil, e Princípios da Educação em Direitos Humanos, na Faculdade Joaquim Nabuco.

Em 2017 lecionou Filosofia da Educação, na Faculdade Joaquim Nabuco.

Karina Oliveira Bezerra também é integrante desde 2008, do grupo de pesquisa “Religiões, Identidades e Diálogos”, da UNICAP, que em 2016, tornou-se interuniversitário, como o nome “Espiritualidades Contemporâneas, Pluralidade religiosa e Diálogo” . Tem vários artigos publicados em congressos, revistas e livros. Realizou comunicações, palestras e minicursos, além de ter participado de inúmeros eventos. Atua nas áreas de História, Sociologia, Filosofia e Antropologia. Trabalha com o tema História das Religiões, sobretudo com Religiões Neopagãs, na linha de pesquisa Pagan Studies. E com a História da Bruxaria, e das Práticas Mágicas.

Para saber mais acesse meu Currículo Lattes.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>